Lembranças

17:55


Sentada na escrivaninha com um pedaço de papel, um lápis e uma caneca de café, ele domina meus pensamentos. O sorriso dele ocupa minha mente e quando percebo já o estou desenhando. Um rosto sereno, de feições traiçoeiras, mas ao mesmo tempo confiáveis. E uma boca que me faz querer passar o restante da vida beijando-o.

Toda vez é isso. A cada segundo ele está rondando pelas frestinhas de minha mente à espera de uma pequenina brecha para invadir meu subconsciente.

Sim, ele me domina, mas ele não faz ideia. Para falar a verdade, acho que mesmo se soubesse, pouco se importaria. Ele é assim. Canalha, cafajeste, mas tenho que admitir que foi a canalhice dele que me fez pensar nele até descobrir estar apaixonada.


Como alguém pode ser tão canalha? Eu me perguntava - e me pergunto até hoje - sem achar uma resposta.


Eu deveria saber o que aconteceria. Era obrigatório que eu percebesse que seria só mais uma para a coleção dele. Apenas mais uma que caiu nas “garras dele”. E que garras. 


Foi nessa hora que percebi o que estava sentindo. Ainda lembro de cada minúsculo detalhe da noite em que me deixei levar. O toque suave das mãos dele em meu corpo. Sua voz suave que murmurava doces mentiras aos meus ouvidos. Lembro-me bem de cada sensação que tive, cada pensamento bobo de que talvez, só talvez, eu pudesse tê-lo para mim.


Sei que fui tola, uma boba apaixonada, mas não resisti. Não consegui ser forte o suficiente para saber que tudo o que eu conseguiria fazer seria magoar-me. Estava indefesa, minhas barreiras tinham sido demolidas e meus bloqueios, desfeitos

Talvez você goste também

5 comentários

  1. Caracas *o* que isso menina que post lindo , to besta aqui. Descreveu tudo oque eu passei. amei amei <3 Seu blog esta lindo.
    http://thaienedasilva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente obrigada pelos elogios flor, você não sabe como eles são importantes <3
      E eu quase passei pela mesma coisa sabe, ai a história mudou completamente de rumo Rsrs'
      Eu gosto de escrever coisas assim, sobre o que eu ou outras garotas eatao sentindo...
      Fique a vontade aqui e amanhã terá um novo texto <3

      Excluir
  2. Oiii, adorei o texto, continue praticando :D beijos <3
    http://beatrizconceicao2018.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto! Gosto de coisas assim, de escritos assim, leves, diretos, que tragam algo a quem lê. Deu até vontade de saber o que acontece, de ver um final mirabolante e revoltante, algo que surpreenda e encante como esse trecho! Você escreve bem, ótima semana =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Aliscia *-*
      Estou pensando em escrever uma Parte 2, por assim dizer. Gosto de criar textos assim, que levem algo, não apenas expresse.
      Obrigada mais uma vez *-*
      Para você também flor >..<

      Excluir